Coordenação do Ensino do Português na Austrália

Carta de Missão

Ministério: Ministério dos Negócios Estrangeiros

Serviço/ Organismo: Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Cargo e Titular: Coordenadora do Ensino Português na Austrália, Susana Cristina Freire Pereira e Teixeira Pinto

Período da Comissão de Serviço: 1 de fevereiro de 2013 a 31 de dezembro de 2015

 

1. Missão do organismo:

A Coordenação do Ensino Português na Austrália, enquadrada pelo regime jurídico determinado no Decreto-Lei no165/2006, de 11 de agosto, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.o 234/2012, de 30 de outubro, tem como missão coordenar e promover o ensino Português a nível dos ensinos básico, secundário e superior na Austrália, bem como participar e colaborar em iniciativas das associações portuguesas e entidades australianas que contribuam para a divulgação e valorização da língua e cultura portuguesas.

A Coordenação do Ensino Português na Austrália atua sob a direção da Presidente do Conselho Diretivo do Camões, Instituto da Cooperação e Língua, I.P., em articulação com o Embaixador de Portugal Camberra, Austrália, e com os chefes de missão consulares nesse país.

 

2. Principais serviços prestados:

  • Monitorização da situação do ensino da língua portuguesa na Austrália;
  • Elaboração de programas de formação dirigidos aos docentes de 
português na Austrália,
  • Divulgação e disponibilização de material pedagógico atualizado, dirigido 
aos professores locais de português, mediante organização de encontros de trabalho presenciais em cada área consular e/ ou através da oferta creditada do Centro Virtual Camões (CVC);
  • Desenvolvimento e manutenção de um sítio eletrónico com informações e anúncios de cursos/escolas de ensino do Português na Austrália e atividades culturais relevantes no âmbito da língua e cultura portuguesas.
  • Articulação entre a coordenação e a rede diplomática e consular na promoção de atividades culturais no âmbito da língua e cultura portuguesas na Austrália, por forma a criar sinergias e otimizar as iniciativas;
  • Representação do Camões, I.P., junto do(s) Departamento(s) de Educação e instituições oficiais australianas.

 


3. Orientações estratégicas: 


  • Estimular a colaboração dos professores locais de português no sentido de implementar procedimentos comuns relativos aos programas de língua portuguesa, de acordo com as orientações do Quadro EuropeuComum de Referência para as línguas estrangeiras;
  • Promover e divulgar as atuais estruturas e cursos de português e apoiar 
iniciativas de novas ofertas de ensino da língua portuguesa;
  • Profissionalizar o ensino de português para adultos através 
da certificação (acreditação) dos cursos oferecidos.
  • Proceder ao levantamento das necessidades de formação junto dos 
professores de português, de forma a criar material pedagógico- 
didáctico adequado que permita uma intervenção local eficaz;
  • Envolver as atuais escolas de português em atividades culturais 
portuguesas na Austrália.